Xuxa perde ação contra o Google para retirar menções à pedofilia

 

Xuxa Meneghel perdeu a ação que movia contra o Google por causa de menções à pedofilia vinculada ao seu nome. Com a derrota, chega ao fim uma novela de oito anos entre a apresentadora e o gigante da internet.

Na ação, a eterna Rainha dos Baixinhos exigia que fossem removidos os milhares de links e imagens que aparecem para quem digitam as palavras “Xuxa” e “pedófila”. A informação é do jornal O Globo.

Em maio do ano passado, o TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) rejeitou por unanimidade o recurso da apresentadora da Record, com o argumento de que o pedido poderia caracterizar censura prévia.

Após a rejeição, Xuxa Meneghel recorreu e perdeu novamente. Agora, a decisão transitou em julgado, ou seja, deu-se por encerrada.

10/07/2018