Johnny Depp é processado por agressão

Johnny Depp está sendo processado por agredir um membro da equipe técnica do filme ‘Cidade das Mentiras’.

Gregg Brooks acusou o ator de 55 anos de de socá-lo “com violência e intenção de causar lesões corporais” duas vezes em suas costelas e alegou que sofreu “dores físicas e danos emocionais e psicológicos” como resultado da violência.

Em documentos legais, o membro da equipe criticou o protagonista de ‘Piratas do Caribe’ por sua conduta, alegando que ele havia sido intencionalmente malicioso e cometido atos com o propósito de causar “sofrimento e humilhação”.

Ele alegou, ainda, que a bebedeira e o temperamento de Johnny criaram um ambiente de trabalho “hostil, abusivo e inseguro”, o que acabou resultando nas agressões durante as filmagens do thriller policial, diz o MSN.

Gregg explicou que acabou sendo demitido do filme quando se recusou a assinar um contrato renunciando ao seu direito de processar o ator pelo incidente. Sua advogada, Arbella Azizian, disse em um comunicado: “Meu cliente quer ter certeza de que o Sr. Depp será responsabilizado por sua conduta no set para que, no futuro, outros não passem pela mesma situação”.

Quando denúncias da suposta briga foram feitas pela primeira vez no início deste ano, o diretor Brad Furman defendeu Johnny e elogiou o ator, dizendo que ele era um “profissional de talento inquestionável”.

“Johnny Depp é um profissional de talento inquestionável, um grande colaborador e defensor de outros artistas. Ele sempre trata a equipe e as pessoas ao seu redor com o maior respeito. Os filmes podem ser estressantes, e eventos muitas vezes são exagerados. Todos nós adoramos histórias – mas não existe uma aqui”, declarou em um comunidado.

‘Cidade das Mentiras’ – um drama focado na investigação do assassinato de Tupac Shakur, também é estrelado por Forest Whitaker – e deve ser lançado em setembro de 2018.

10/07/2018